Categoria Livros

ANO NOVO, VIDA NOVA – As minhas escolhas de Janeiro

Domingo, Fevereiro 9, 2020

Já por diversas vezes tentei, sem grandes resultados, tornar este blogue menos morto. Dar-lhe vida semanalmente, ou mensalmente, pelo menos. Mas, aqui entra aquela frase clichê “o tempo voa” ou um “não dá para tudo” o que é verdade. Com muita pena, é verdade.   Adorava poder escrever, ler, devorar séries e fazer disso a minha vida. ...

Ler mais...

O Bairro no e-cultura do SAPO

Quinta-feira, Dezembro 12, 2019

Depois de As últimas linhas destas mãos, a sua obra de estreia, Susana Amaro Velho volta a presentear os leitores com uma sombria saga familiar. O Bairro das Cruzes é o título do seu novo livro e está disponível com o selo da Coolbooks. Numa narrativa que começa em 1957 e se prolonga por 60 anos, ...

Ler mais...

O Bairro das Cruzes

Quinta-feira, Dezembro 5, 2019

Depois de uma lamentável ausência, porque infelizmente o tempo não chega para tudo, era impossível deixar passar este acontecimento, este dia, sem uma publicação.   "O Bairro das Cruzes" está aí. Pronto a ser lido. A ser vivido por outros.   Sinto sempre, quando escrevo, que aquelas personagens existem. Que aqueles espaços são reais. Que, também eu, por lá ...

Ler mais...

Crítica: As últimas linhas destas mãos.

Quinta-feira, Maio 3, 2018

Na segunda-feira acordei com um e-mail que se assemelhou ao abrir de uma janela num dia de calor. Subitamente, as quatro paredes onde tenho vivido a maioria das horas dos meus dias deixaram entrar uma brisa fresca. Uma lufada de ar fresco como diz a gíria. Precisava disto. Às vezes, esqueço-me que escrevi um livro ...

Ler mais...

Passatempo: Dias de Inverno

Quarta-feira, Março 14, 2018

Dias frios e chuvosos devem ser acompanhados de três coisas: uma manta quentinha, uma chávena de chá e um bom livro que nos aqueça, também, o coração. Para que o cenário se complete, vou sortear um exemplar do livro “As últimas linhas destas mãos”. Para se habilitarem a ganhar só têm que: 1 - Entrar no Blogue e ...

Ler mais...

as novas linhas.

Sábado, Março 10, 2018

Hoje, às cinco da manhã e depois de adormecer um filho que teimava em parecer uma coruja, dei por mim a construir histórias imaginárias, a visualizar paisagens e famílias sentadas à mesa, a recordar episódios de infância que me apetecia transpor para o papel. Não me sentei a escrever porque a cabeça fazia efeito mola, ...

Ler mais...